Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
29/09/23 às 9h55 - Atualizado em 26/03/24 às 17h33

📲🌐 Implantação do SinespCAD chega em fase final de ajustes

 

Carolina Alonso, da Ascom/SSP-DF

 

A Secretaria de Estado de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF), em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, por intermédio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), lançarão, no dia 9 de outubro, o SinespCAD na capital. A Central de Atendimento e Despacho do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública é uma solução de suporte a serviços públicos emergenciais, permitindo a integração do atendimento de forças de segurança pública e outros órgãos. No primeiro momento serão integrados ao sistema no DF as forças da Polícia Militar (PMDF), Polícia Civil (PCDF), Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF), Departamento de Trânsito (Detran-DF), Departamento de Estradas de Rodagem (DER/DF) e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

 

O sistema já foi implantado em outras doze unidades da federação e tem como objetivo a otimização da gestão de recursos e a diminuição no tempo de resposta, melhorando, dessa forma, o planejamento operacional de todas as equipes de profissionais da segurança pública.

 

“É um desafio muito grande. Há anos tentamos realizar essa mudança e somente com o esforço conjunto de representantes de todas as Forças e de diversas agências essa implantação pode acontecer de forma bem sucedida. Instalar uma plataforma com essa robustez é realmente uma grande realização. Incluir o SinespCAD numa unidade da federação como a nossa é reunir plenas condições para tornar um laboratório de excelência em segurança pública para o restante do país”, afirmou o Secretário Executivo de Gestão Integrada da SSP/DF, Coronel Bilmar Angelis de Almeida Ferreira.

 

 

Migração

Desde maio deste ano, quando foram iniciados os alinhamentos com as forças de segurança, treinamentos foram realizados e as apresentações e definições de gerenciadores foram sendo definidos, de forma que todas as forças pudessem ter habilidade na utilização do novo sistema. A nova plataforma irá substituir o Sistema de Gerenciamento de Ocorrências (SGO).

 

Vantagens

Como o sistema é desenvolvido para atuação nacional, com integração de outros sistemas, diferentes unidades da federação e outras bases de conhecimento em segurança pública, as informações passarão a ter uma receptividade instantânea.

 

Outro detalhe diz respeito à qualidade, pois com uma equipe específica dividida entre representantes no Ministério da Justiça e no Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), a atualização será permanente, além do custo zero para os cofres do Governo do Distrito Federal.

 

“Com esse sistema, padronizaremos melhor as práticas, integraremos processos importantes para o funcionamento completo da Segurança Pública, teremos um controle maior sobre as informações, otimizaremos os trabalhos de todas as equipes e, com isso, a população obterá um melhor serviço, desde o atendimento telefônico, até a realização da cadeia completa com o atendimento na delegacia e perícia”, informou Bilmar Angelis.

 

Edição: João Roberto, da Ascom/SSP-DF

Governo do Distrito Federal