Governo do Distrito Federal
18/09/23 às 17h53 - Atualizado em 18/09/23 às 17h55

👮🏼👮🏼‍♀️Governo investe mais de R$ 9 milhões no novo Batalhão da PM da Estrutural

Agência Brasília

 

O efetivo de policiais militares que atuam na Estrutural pode quase triplicar. Isso porque o batalhão que atende a região administrativa ganhará uma sede própria. O Governo do Distrito Federal(GDF) deve investir R$ 9.286.501,09 na construção da nova casa do 15º Batalhão da Polícia Militar (BPM), um prédio de 982 m² com capacidade para abrigar 400 servidores. Atualmente, os 150 militares do 15º BPM estão instalados nas salas do Centro Olímpico da Estrutural.

 

“Construir o 15º BPM logo na entrada principal da cidade, perto do Terminal Rodoviário e da Via Estrutural, aumenta a sensação de segurança na região”Renato Lindinger, subcomandante do 15º BPM

 

A nova sede será construída na Área Especial 1 do Setor Central. O local escolhido estrategicamente pelo comando da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) pela proximidade com a área comercial e por se tratar de uma região de grande circulação de pedestres e veículos.

 

“Construir o 15º BPM logo na entrada principal da cidade, perto do Terminal Rodoviário e da Via Estrutural, aumenta a sensação de segurança na região”, aponta o subcomandante do batalhão, capitão Renato Lindinger. “Permite não só um acesso mais rápido do cidadão à Polícia Militar como também facilita o trabalho dos policiais”, explica.

 

De acordo com o capitão Renato Lindinger, “a sede vai oferecer uma infraestrutura apropriada para o trabalho dos policiais militares. Além disso, o prédio dá visibilidade à instituição e mostra que o governo valoriza o trabalho do servidor” | Imagem: Divulgação/PMDF

O capitão observa que o 15º BPM atende também o SCIA, o Assentamento 26 de Setembro, a Cidade do Automóvel e o Setor de Cargas. “Por isso, ter o batalhão perto da Via Estrutural é muito interessante. Poderemos garantir maior agilidade no atendimento às ocorrências”, conta Lindinger.

 

‌O prédio do 15º BPM terá dois pavimentos. O térreo vai abrigar o estacionamento e a recepção, além de um espaço para atividades operacionais. Já o piso superior terá vestiários, alojamentos e ambientes destinados aos setores administrativo e operacional. O projeto arquitetônico do prédio é uma criação de arquitetos e engenheiros da própria PMDF.

 

“A sede vai oferecer uma infraestrutura apropriada para o trabalho dos policiais militares. Além disso, o prédio dá visibilidade à instituição e mostra que o governo valoriza o trabalho do servidor”, avalia o capitão Lindinger.

Governo do Distrito Federal