Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/03/13 às 17h54 - Atualizado em 29/10/18 às 12h39

Veja as principais notícias desta segunda-feira, dia 04

COMPARTILHAR

Polícia Militar testa patinetes elétricos em Taguatinga

O 2º Batalhão de Polícia Militar, em Taguatinga, está testando os patinetes elétricos nas operações diárias na região. O equipamento, de três rodas e movido à bateria de lítio, é utilizado por policiais que fazem rondas à pé, auxiliando na agilidade e locomoção. O patinete tem capacidade para transportar uma pessoa de até 140 quilos, roda de 20 a 30 quilômetros por dia e pode transitar em calçadas, ciclovias e outros ambientes.

“A principal vantagem destes patinetes é a ostensividade e a agilidade, além de serem ecologicamente corretos. Um policial andaria, em 8 horas de trabalho diário, cerca de três quilômetros à pé. Com este equipamento, podemos andar até 30 quilômetros”, explica o Sargento Welber, do 2º Batalhão de Polícia Militar.

Não é necessário ter habilitação para pilotar os patinetes elétricos, mas é exigido que os policiais utilizem equipamentos de segurança como capacetes e luvas. Os patinetes atingem 35 km/h, têm três velocidades e ré, freio de mão, piloto automático, farol, buzina, rotam, alarme e trava antifurto. Para ligar o equipamento, é preciso utilizar chave.

*Fonte: Clica Brasília

Detran flagra sete motoristas dirigindo embriagados no fim de semana

Nas operações, foram aprendidos 165 veículos que foram levados ao depósito

Durante o último fim de semana, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran) flagrou sete condutores dirigindo alcoolizados.

Nas operações, 165 veículos foram apreendidos e encaminhados ao depósito – 29 deles são motocicletas. As principais causas para as autuações foram conduzir o veículo sem o licenciamento, sem o documento de porte obrigatório e sem possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou permissão.

*Fonte: Correio Web

Operação Carga Pesada apreende cerca de R$ 1,5 milhão em mercadorias

Valor se refere a carretas de autopeças, mas foram identificados outros produtos em situação irregular. Responsáveis serão autuados e responderão penalmente

A operação Carga Pesada, realizada na madrugada desta sexta-feira (1) pela Fiscalização Itinerante da Secretaria de Fazenda do DF (SEF-DF), em parceria com a Delegacia de Ordem Tributária da Polícia Civil (DOT-DF), apreendeu três carretas contendo autopeças para caminhões em situação fiscal irregular.

O valor estimado dos carregamentos é de R$ 1,5 milhão e resultará em, aproximadamente, R$ 570 mil em Crédito Tributário Constituído (imposto devido e não pago mais multa). As mercadorias foram apreendidas em Taguatinga, numa empresa que já possui histórico de irregularidades junto ao Fisco.

A nota fiscal apresentada informava que a carga tinha origem em Goiânia, para propositalmente ocultar a operação comercial ocorrida no DF e sonegar o Imposto Sobre Mercadorias e Serviços (ICMS). Dessa forma, a empresa deixava de recolher R$ 187 mil em tributos. Além da falsa origem, o documento possuía informações divergentes em relação à quantidade e à descrição dos produtos.

*Fonte: Alô Brasília