Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/11/18 às 17h27 - Atualizado em 6/11/18 às 12h52

?SSP/DF oferece curso sobre Convivência e segurança cidadã

COMPARTILHAR

 

 

Duda Nogueira, da SSP/DF

 

Para fortalecer a rede de proteção e a segurança territorial no Distrito Federal, a Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social (SSP/DF) oferecerá, até o fim do ano, cinco edições do curso Convivência e Segurança Cidadã. Cem pessoas participam da capacitação, que teve início nesta segunda-feira (5), na Escola Superior de Polícia Civil do Distrito Federal, no Riacho Fundo II. A iniciativa é parte de uma parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

 

No primeiro dia do curso, o secretário da SSP/DF, Cristiano Sampaio, destacou que a capacitação é uma forma de padronizar e compartilhar conhecimentos entre os participantes e forças de segurança para que as políticas públicas de segurança continuem a ter resultados positivos.

 

“É possível mensurar os bons frutos da participação da população nas políticas públicas, por meio dos números em queda da criminalidade mensurados pelo Pacto do Viva Brasília”, ressaltou.

 

A capacitação, que será oferecida semanalmente até a primeira semana do mês de dezembro, é direcionada aos membros dos Conselhos Comunitários (Consegs), das polícias Civil e Militar, gestores de órgãos públicos locais, além de cidadão da sociedade civil que poderiam ser indicados pelos Consegs levando em consideração a participação dos mesmos nas reuniões.

 

Para Sérgio Santos, aluno e presidente do Conseg do Paranoá, o curso fortalecerá os Conselhos e estimulará a participação da população. “A nossa Constituição já prega isso, no Art 144 diz que segurança pública é dever do Estado, mas responsabilidade de todos. E eu acredito que este curso nos dará mais argumentos para humanizar da segurança pública e fazer com que ela deixe de ser comunitária para ser participativa.”

 

Já a representante do PNUD, Moema Freire, afirmou que a parceria entre comunidade e as forças de segurança é um dos pontos essenciais para o desenvolvimento sustentável de cada região. “Outros indicativos, como o índice violência familiar, também contribuem para o crescimento desses locais”, complementou.

 

Um dos destaques do curso é a participação do ex-secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro José Mariano Beltrame. Ele dará palestra sobre Polícia e Comunidade. Durante as aulas, também serão abordados os seguintes temas:

 

– Segurança Cidadã e Desenvolvimento Humano;

– Jogo Fica Seguro: vivenciando o conceito de Segurança Cidadã na prática;

– Indicadores e públicos mais vulneráveis – mulheres e juventude negra;

– Parceria polícia – comunidade;

– Acesso à Justiça e mediação de conflitos;

– Prevenção do crime e das violências – grupos vulneráveis e Segurança Cidadã;

– Gestão intersetorial, cultura de paz nas escolas e participação social (Segurança Cidadã)

– Espaços urbanos seguros, participação social e percepção de segurança (a experiência do Distrito Federal);

– Exercício prático: do diagnóstico à formulação dos planos locais (usando a ferramenta SIGEO);

– Seminário de Justiça Restaurativa (4 h/a);

– Seminário de Prevenção E Enfrentamento Da Violência Contra A Mulher: medidas protetivas e aplicação da Lei Maria da Penha (4 h/a);

– Encontro de Avaliação da Segurança Pública do DF (4 h/a), e

– Feira do conhecimento em segurança cidadã