Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/03/20 às 16h23 - Atualizado em 10/03/20 às 18h27

SSP/DF lança guia para educadores utilizarem animações da Turma da Mônica

COMPARTILHAR

Adriana Machado, da Ascom – SSP/DF

 

Com objetivo de orientar educadores a utilizarem as animações da Turma da Mônica nas escolas, a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF) realizou, nesta terça-feira (10), oficina de disseminação de informações e lançou o Guia Orientador para Educadores.

 

A capacitação tem o objetivo de sensibilizar os participantes quanto à forma correta de aplicação dos vídeos, de forma a apresentar ferramentas de enfrentamento à violência contra a mulher no ambiente escolar do Distrito Federal. A ação ocorreu em parceria com a Secretaria de Educação (SEE), por meio da portaria assinada no dia do lançamento dos vídeos. O evento ocorreu no auditório do Corpo de Bombeiros, localizado no Setor Policial Sul.

 

Durante o lançamento do Guia, o secretário executivo de Segurança Pública, Alessandro Moretti, ministrou a palestra sobre Feminicídio em que foram apresentados dados analisados pela Câmara Técnica de Monitoramento de Homicídio e Feminicídio (CTMHF), por meio da ferramenta de cruzamento de dados – Business Intelligence (BI).

 

As oficinas para os mais de 300 participantes – que serão multiplicadores nas escolas em que trabalham – foram realizadas por professores da Subsecretaria de Formação Continuada dos Profissionais da Educação (EAPE) e Subsecretaria de Educação Básica (SUBEB), da Secretaria de Educação do DF (SEE/DF). As aulas ocorreram no EAPE.

 

Além de professores da rede pública de ensino, participaram da capacitação servidores da SSP/DF, das secretarias da Mulher e de Justiça, das forças de segurança, do Colégio Dom Pedro II e representantes de escolas particulares de ensino.

 

Para a coordenadora de capacitação da Secretaria de Justiça e Cidadania (SEJUS), Paula Ribeiro, a formação é importante para que a temática possa ser trabalhada de forma eficaz em sala de aula. “Como mulher, o evento é de extrema importância para toda a população, tanto para as mulheres como para os homens, pois com a informação podemos coibir diversos tipos de violência. Como educadora, reconheço que o evento é importante para sensibilizar professores com a melhor fora de abordagem para os alunos”.

 

A capacitação tem o objetivo de sensibilizar os participantes quanto à forma correta de aplicação dos vídeos, de forma a apresentar ferramentas de enfrentamento à violência contra a mulher no ambiente escolar do Distrito Federal.

 

 

Edição: Lanna Morais

Foto: Flávio Alves

Leia também...