Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/05/19 às 17h42 - Atualizado em 15/05/19 às 19h25

SSP/DF divulga boletim com informações sobre manifestações desta quarta-feira(15)

COMPARTILHAR

 

Ascom – SSP/DF

 

A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF) informa que a manifestação intitulada “Greve Nacional da Educação contra a reforma da previdência e cortes na educação” ocorreu, nesta quarta-feira (15), e, de acordo com a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), contou com cerca de 6 mil pessoas, sendo encerrada por volta das 14h20 sem maiores ocorrências.

 

O monitoramento da manifestação foi feito pelo Centro Integrado de Operações de Brasília (CIOB), da SSP/DF, com suporte de câmeras de videomonitoramento e de forma integrada com todas as forças de segurança. Com o intuito de garantir a segurança dos manifestantes, da ordem pública e social, bem como a mobilidade urbana, assegurando o legítimo direito de manifestação pacífica e ordeira por parte dos manifestantes.

 

A PMDF empregou 347 policiais operacionais e de tropas especializadas, a fim de reforçar a segurança, realizar interdições no trânsito, em trabalho conjunto com o Departamento de Transito (Detran-DF). O Departamento apoiou na mobilidade das vias que foram utilizadas como alternativas enquanto a via S1 esteve bloqueada. Dez agentes utilizaram quatro viaturas e um guincho durante a operação.

 

Às 12h20, a via S1, que estava interditada para a travessia dos manifestantes, foi desbloqueada.

 

Durante a dispersão do público, três pessoas foram detidas e encaminhadas para a 5ª Delegacia de Polícia, localizada na área central de Brasília, por arremessarem pedras em viaturas e rojões em policiais da corporação. Eles assinaram Termo de Compromisso e Comparecimento e liberados em seguida.

 

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) fez a lavagem de pista Via S1, próximo ao Museu da República, local onde manifestantes atearam fogo em alguns materiais.