Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/04/19 às 18h44 - Atualizado em 11/04/19 às 20h02

Secretário Anderson Torres apresenta ferramenta de gestão a administradores regionais

COMPARTILHAR

 

Adriana Machado, da Ascom – SSP/DF

 

 

O secretário de Segurança Pública, Anderson Torres, recebeu, nesta quinta-feira (11), administradores regionais para apresentar ferramenta de gestão utilizada pela pasta para mapeamento de desordens e gerenciamento de índices criminais – Sistema de Gestão de Ocorrências (Sigeo). A reunião ocorreu no Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob).

 

“As desordens, como falta de iluminação pública e invasões, estão diretamente ligadas à ocorrência criminal. A ferramenta pode auxiliar o administrador regional na identificação dos problemas e, desta forma, contribuir também para a redução da criminalidade em sua região”, avaliou o secretário.

 

Administradores e representantes das regiões da área leste, que compreende o Paranoá, Itapoã, Sobradinho I e II, Planaltina, Varjão e Fercal, participaram da reunião. Todos serão cadastrados e terão acesso às informações do Sistema.

 

O objetivo é receber gestores de todas as regiões do Distrito Federal. “Abrimos mais este canal para ouvir a necessidade de cada região, a realidade de cada uma para trabalharmos juntos, seguindo a orientação do governador Ibaneis”, disse o secretário.

 

Para o administrador regional de Sobradinho, Eufrásio Pereira, o encontro foi importante para maior aproximação com a Segurança Pública. “Estaremos mais próximos da área e poderemos contribuir para o combate à criminalidade em nossas regiões”.

 

A administradora regional do Varjão, Nair Queiroz, considerou a ferramenta de gestão uma importante aliada para a efetividade das ações locais. “Vejo aqui no relatório que 80% das desordens catalogadas no Varjão já foram realizadas neste ano, mas a ferramenta vai nos auxiliar a montar novas estratégias de ação na cidade. Vou me reunir com minha equipe e prepará-las”.

 

Videomonitoramento

 

Durante a reunião, também foi apresentado um projeto de instalação de câmeras para monitoramento de algumas regiões.

 

“Temos uma previsão de locais onde as câmeras serão instaladas, mas isso ocorrerá em conjunto com o batalhão policial de cada área”, explicou o subsecretário de Modernização Tecnológica, Roberto Petruff.

 

Edição: Nicole Vasconcelos