Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/03/21 às 17h53 - Atualizado em 26/03/21 às 13h11

🚨🙎🏼‍♀️🙎🏿‍♂️ População adere e madrugadas estão cada vez mais vazias

COMPARTILHAR

Adriana Machado, da Ascom – SSP/DF, e Suzano Almeida, da DF Legal 

 

Ruas e comércios são fiscalizados todas as madrugadas por órgãos do GDF | Fotos: Divulgação/SSP

Entre segunda (15) e quinta-feira (18), 838 veículos foram abordados pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) nas vias do Distrito Federal, dentro das ações de fiscalização da operação Toque de Recolher. A ação é complementar ao que tem sido desenvolvido pela corporação junto à Secretaria DF Legal. Nesta quinta-feira (18), foram montados pontos de bloqueio para as abordagens em Samambaia, Planaltina, Lago Sul, Taguatinga e Estrutural.

 

“Até a meia-noite, verificamos que a população tem retornado às residências”, conta o comandante do Policiamento de Trânsito da PMDF, coronel Edvã de Oliveira. “Depois desse horário, percebemos que as ruas ficaram praticamente vazias”.

“A cada pessoa que deixou de ser contaminada em razão das nossas ações preventivas e coordenadas, uma família deixou de perder um parente” Cristiano Mangueira, titular da Secretaria DF Legal

O comandante faz ainda um alerta. “Continuamos nas ruas em apoio às ações do GDF e fazemos o alerta à população para não combinar álcool e direção, pois estamos com nosso sistema de saúde bastante demandado. Essa combinação nunca dá certo! Fique em casa! Cuide de sua família”, completa.

 

A ação é coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP/DF) e reúne  diversos órgãos. O objetivo é fiscalizar as medidas estabelecidas pelo decreto do Governo do Distrito Federal (GDF), que suspende a circulação de pessoas no das 22h às 5h.

 

Quinta-feira

Nesta quinta-feira (18), a Secretaria DF Legal e a PMDF realizaram 17.289 vistorias a estabelecimentos comerciais. Do total, 1.097 foram abordadas, 34 multas aplicadas e quatro interdições por descumprimento dos decretos de combate à covid-19. Ao todo, 571 quiosques foram vistoriados e 61 abordados, além da retirada de 13 ambulantes. Duas pessoas foram multadas por descumprirem o toque de recolher e oito pelo não uso de máscara.

1.751Ambulantes retirados das vias públicas desde segunda-feira

 

Para o secretário da DF Legal, Cristiano Mangueira, as ações de fiscalização tem contribuído para redução dos índices de contaminação pela covid-19 no DF e, sem dúvidas, salvar vidas. “A cada pessoa que deixou de ser contaminada em razão das nossas ações preventivas e coordenadas, uma família deixou de perder um parente. Mas ainda precisamos da colaboração de todos, desde o cidadão que precisa se deslocar aos seus locais de trabalho, a sociedade e todo o setor produtivo, para que essas medidas restritivas possam acabar o quanto antes e retomarmos as nossas atividades cotidianas e econômicas o mais brevemente possível”, ressalta.

 

Entre os dias 8 e 18 de março, a Secretaria DF Legal, em conjunto com a força-tarefa do GDF, realizou 135.748 vistorias a comércios em todas as RA. Desse total, 4.758 foram abordados, 137 multados e 241 interditados.

Desde segunda-feira (8), 1.751 ambulantes foram retirados de vias públicas. Foram 6.308 vistorias a quiosques, tendo sido 194 abordagens. No mesmo período, 13 pessoas foram multadas por falta de máscara e 10 por descumprimento do toque de recolher.

 

Bombeiros também participam da força-tarefa

Outras ações
Os demais órgãos envolvidos executam ações com planejamentos de acordo com a competência de cada um. Foi o que ocorreu nesta quinta-feira. A PCDF atuou por meio de rondas em todas as regiões administrativas, por meio das delegacias de área. Os policiais abordaram 511 pessoas e 84 veículos. Em Ceilândia, os policiais autuaram uma pessoa por embriagues ao volante e outra por posse de drogas para uso pessoal. Na Asa Norte, registraram uma tentativa de furto.

 

Os agentes estão orientados a fiscalizar o funcionamento de estabelecimentos comerciais que também tiveram as atividades suspensas, independentemente do horário estabelecido pelo decreto que orienta que não haja movimentação de pessoas no período noturno.

Mais de cem militares do CBMDF estiveram em Taguatinga, SOF Ceilândia, SIA, Asa Norte, Brazlândia, área central de Brasília, Candangolândia, Sobradinho, Núcleo Bandeirante, Asa Sul, Núcleo Bandeirante, Candangolândia, Sudoeste, São Sebastião, Planaltina, Samambaia, Vila Planalto, Lago Norte. Eles realizaram 25 operações envolvendo 27 viaturas.

 

Agentes do Detran-DF flagraram três condutores alcoolizados e, no total, abordou 183 condutores. As equipes de fiscalização montaram pontos de bloqueio e fizeram patrulhamento em Sobradinho 1 e 2, Ponte JK, Águas Claras, Riacho Fundo 2. “De forma gradual, estamos percebendo uma diminuição da circulação de veículos e pedestres após as 22h, se compararmos a dias anteriores”, finaliza o diretor de Policiamento e Fiscalização de Trânsito, Lúcio Lahm.

 

Edição: Lanna Morais e Agência Brasília