Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/05/20 às 12h43 - Atualizado em 20/05/20 às 17h03

🚨😷SSP/DF faz repasse para contratação de hotel para policiais penais

COMPARTILHAR

Adriana Machado, da Ascom – SSP/DF

 

A Secretaria de Segurança Pública (SSP/DF) fará o repasse à Secretaria de Turismo (SETUR) do valor orçamentário para contratação de hotel em que policiais penais ficarão hospedados. A descentralização de créditos orçamentários para custear a contratação de empresa especializada na prestação de serviços de hospedagem e hotelaria está na portaria conjunta entre as duas secretarias, publicada nesta quarta-feira (20).

 

Inicialmente, a hospedagem será contratada pelo período de até 30 dias, com possibilidade de aumento de prazo, a depender do cenário pandêmico. Servidores que residam com pessoas do grupo de risco e estejam envolvidos no atendimento presencial dos internos suspeitos ou diagnosticados com o coronavírus e residam com pessoas do grupo de risco poderão aderir ao programa.

 

“As tratativas com a Secretaria de Turismo continuarão a ser feitas no decorrer do período pandêmico. Estamos, de toda forma, buscando alternativas que atendam nossos policiais penais e deem segurança às suas famílias. Se for necessário, o prazo será estendido”, explicou o secretário de Segurança Pública, o delegado Anderson Torres.

O repasse emergencial é de R$ 1.695.600. A dispensa de licitação, diante da situação emergencial, foi publicado no dia 8 de maio e está fundamentada na Lei nº 13.979/2020, que versa sobre o tema.

 

O valor foi proposto com base numa previsão feita pela Subsecretaria do Sistema Penitenciário (SESIPE), vinculada à SSP/DF, de contratar o serviço para até 360 policiais penais – o que representa uma média de 20% do quadro efetivo.

 

“De acordo com levantamento realizado, verificamos que esta é a média de policiais que estariam dentro das regras estabelecidas”, explicou o coordenador-geral da SESIPE, o delegado Érito Pereira.

 

As regras e formato para solicitação do serviço estão sendo definidos. A previsão é que sejam publicadas ainda nesta semana.

 

Edição: Lanna Morais

Foto: Agência Brasília