Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal

Picasso Não Pichava

 

O que é?

Criado em 1999, o programa Picasso Não Pichava está entre as ações voltadas à juventude com maior efetividade no país, tendo alcançado reconhecimento nacional e internacional, a exemplo da certificação obtida junto ao II Fórum Internacional de Boas Práticas em Segurança Pública de 2009 em Salvador- BA.

 

O programa já atendeu grande parte das regiões do Distrito Federal e atualmente funciona nas regiões administrativas do Itapoã, Ceilândia, Planaltina, Cruzeiro, Samambaia e Recanto das Emas. Além disso, a parceria entre a Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social (SSP/DF) e a Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap) possibilita que o programa atenda mulheres e homens do sistema prisional e seus familiares com a realização de oficinas, tais como serigrafia.

 

Oficina de cinema com jovens atendidos pelas Unidades de Meio Aberto (Uamas). Foto: Susec/Divulgação/Arquivo

Os adolescentes, jovens e adultos atendidos pelo Picasso Não Pichava tem suas expressões artísticas estimuladas principalmente por meio do Hip Hop, representação da cultura afro-americana que abriga práticas de dança Break, poesia do Rap e som de DJ, além do grafite.

 

Nos últimos anos, o programa passou a contar com outras atividades, entre elas, o cinema e a capoeira. Esta última, por exemplo, permite o encontro entre jovens residentes em áreas de vulnerabilidade social para a prática de uma atividade essencialmente coletiva e emponderadora, pois valoriza a expressividade e contribui para a elevação da autoestima. Em 2016, houve a Oficina de Audiovisual para jovens em cumprimento de medidas socioeducativas das Unidades de Atendimento em Meio Aberto – Uamas do Distrito Federal. O curso formou 17 jovens, sendo 15 meninos e duas meninas.

 

O Picasso Não Pichava também promoveu, em 2016, um projeto pontual, chamado Ateliê de Pintura, para atender mulheres e crianças vítimas de violência doméstica e familiar. A atividade ocorreu no Centro Especializado de Atendimento às Mulheres (Ceam), em parceria com a Secretaria de Estado de Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh).

 

Inspiração

O nome Picasso Não Pichava foi inspirado na obra contemporânea do artista espanhol Pablo Picasso (1881-1973), principalmente pelos traços cubistas e o humor que facilmente dialogam com a expressividade artística do Hip Hop.

 

Prêmios

  • II Fórum Internacional de Boas Práticas em Segurança Pública de 2009;
  • Premiações e exibições no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro com os filmes Meu Amigo Nietzsche, O Balãozinho Azul, Ácido Acético, Mundo das Cores, entre outros, produzidos com os alunos da oficina de cinema.

 

Legislação

 

Decreto nº 21.782 de 05 de dezembro de 2000 – Cria o Programa “Picasso não Pichava” e dá outras providências;

 

Decreto nº 33.245 de 05 de outubro de 2011 – Cria o Programa Segurança Comunitária em Ação (Pró-Comunidade), unifica a gestão dos programas, projetos e ações sociais da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Distrito Federal, realizados por intermédio da Subsecretaria de Programas Comunitários, transforma os atuais programas e projetos em subprogramas e dá outras providências”, criando os subprogramas “Intervalo Cultural” e “Segurança com Cidadania”;

 

Como e onde participar das oficinas?

Informe-se diretamente na Coordenação Geral de Prevenção e Cultura de Paz – COORDPAZ/SUSEC/SSP-DF: + 55 (61) 3234-8171; + 55 (61) 3361-0263 ou por meio do e-mail: prevenção.susec@gmail.com.