Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/06/18 às 19h29 - Atualizado em 29/10/18 às 12h54

? Participação da população é destaque no 2º Fórum Distrital

Adriana Machado

 

A participação popular, por meio dos Conselhos de Segurança (Consegs), na redução da criminalidade foi destaque no 2º Fórum Brasília Cidadã, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, nesta terça-feira (19). O subsecretário de Gestão da Informação, Marcelo Durante, abordou o tema em sua participação no evento.

 

“O mapeamento das desordens contribuem para a gestão do medo. Além da atuação dos policiais, é importante que as pessoas se sintam seguras no locais onde vivem, utilizando praças e ruas sem medo. Os representantes do Conseg já faziam isso durante as reuniões mensais e estão sendo capacitados para poderem incluir os problemas de suas cidades no mapa de desordens da Secretaria da Segurança Pública (SSP/DF)”, explicou Durante.

 

As desordens que o subsecretário se refere são físicas, públicas e sociais. Os pontos são identificados pelos presidentes dos Consegs. Eles estão sendo capacitados para utilizarem o sistema desde o último dia 25 de maio, na SSP/DF.

 

A inscrição de projetos sociais com foco na segurança pública também foi lembrada pelo subsecretário.  “Estamos com inscrições abertas para o Seleção de Boas Práticas. Desta forma, vamos elaborar um mapa de práticas desenvolvidas pela população com foco na segurança pública. É um reconhecimento público do que a sociedade está fazendo.  Precisamos mapear essas ações e divulgá-las para inspirar outras pessoas”, disse o subsecretário.

 

Os projetos inscritos serão avaliados e considerados aptos caso atendam critérios como funcionar há pelo menos um ano e se enquadrar em uma das seguintes áreas:

– Promoção da inclusão social dos egressos do sistema penitenciário;

– Redução de vulnerabilidades da população LGBT, negros, idosos, crianças e adolescentes;

– Redução de danos resultantes do uso de drogas;

– Combate à violência contra as mulheres;

– Prevenção de acidentes;

– Promoção do uso do espaço público.

 

Para a presidente da Federação dos Conselhos de Segurança (Feconseg), Flávia Portela, a participação de outros órgãos de governo nas reuniões dos Conselhos seria importante para maior celeridade dos resultados. “Os 37 Consegs atuam como uma grande teia em prol da segurança pública. O próximo passo é a participação de outras secretarias. Desta forma, o alcance e rapidez nos resultados serão ainda maiores”.

 

Conseg no Portal do Voluntariado 

Durante o Fórum, a coordenadora de transparência da Controladoria Geral do Distrito Federal, Rejane Vaz, anunciou que os Consegs, juntamente de outros conselhos que atuam no DF, passaram a fazer parte do Portal do Voluntariado, hospedado no Portal da Transparência. “Com isso, todas as atividades dos conselhos, como atas e dias de reuniões, poderão ser acessadas facilmente pelo cidadão, o que vai dar mais transparência para as atividades”.

 

 

GALERIA DE FOTOS

 

 

II Fórum Distrital Brasília Cidadã