Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/04/20 às 17h11 - Atualizado em 29/04/20 às 17h12

🚨😷Papuda ganha limpeza e sanitização contra a Covid-19

COMPARTILHAR

Agência Brasília

 

Com o objetivo de impedir a disseminação do coronavírus no Complexo Penitenciário da Papuda, seis blocos da unidade prisional passaram por limpeza e sanitização nesta terça-feira (28). A ação foi promovida pela Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde, por meio do programa Sanear-DF.

 

Os blocos escolhidos foram da Penitenciária do Distrito Federal I (PDF I), vulgo Cascavel – um dos presídios que integram a Papuda. Dois veículos com máquinas de pulverização iniciaram a sanitização na parte externa do local, enquanto agentes de saúde com quatro máquinas acopladas nas costas espalharam o produto, semelhante a água sanitária, em vários locais.

 

Foram higienizadas 60 celas, além de banheiros, salas, departamentos, a administração da PDF I e o pátio onde os internos tomam banho de sol.

 

Na avaliação do diretor de Vigilância Ambiental, Edgar Rodrigues, a medida se tornou necessária para conter a proliferação do coronavírus na Papuda. “Como o número de casos da Covid-19 tem aumentado, é de extrema importância sanitizar esses espaços para impedir a circulação do vírus”, afirmou o diretor.

 

Casos ativos
Conforme os dados da Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe), vinculada à Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF), até esta segunda-feira (27) foram confirmados 217 casos ativos de coronavírus no complexo penitenciário.

 

Do total, 63 policiais penais seguem com teste positivo para o coronavírus e um se encontra recuperado. Em relação aos reeducandos, 154 foram confirmados com a Covid-19 e um se recuperou da doença.

Parte dos que testaram positivo ainda aguardam a contraprova –  assim, os números podem sofrer alterações nos próximos levantamentos. Não há caso grave entre os contaminados.