Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/04/19 às 12h54 - Atualizado em 25/04/19 às 12h59

Operação articulada das polícias estaduais mobiliza mais de 100 mil militares

COMPARTILHAR

 

Alan Borges, do Centro de Comunicação da PMDF

 

A terceira fase da Operação Tiradentes empregou 100 mil policiais e bombeiros em todo país. Durante 24 horas, 350 mil pessoas foram abordadas e duas mil presas em flagrante por cometimento de crimes como homicídio, roubo e lesão corporal grave. Os policiais recuperaram 517 veículos, apreenderam 550 armas e uma tonelada de maconha, 26 kg de cocaína, 48 kg de crack e mais de 600 comprimidos de ecstasy.

 

A Polícia Militar do Distrito Federal teve um papel crucial na operação batizada de Ad Sumus (Estamos Presentes). Foi montado um centro integrado de comando e controle no Comando Geral da PMDF. Dessa sala, representantes das polícias militares estaduais coordenaram todo o trabalho.

 

“Simultaneamente, monitoramos mais de 30 mil viaturas, 453 embarcações e 72 aeronaves. A ação articulada esteve presente nas grandes metrópoles e nas cidades pequenas de todo o Brasil”, salientou o presidente do Conselho Nacional dos Comandantes-gerais, coronel Araújo Gomes.

 

Ele destaca a capacidade de articulação das polícias estaduais como fundamental para reduzir os índices criminais em territórios tão diversos como a grande São Paulo e a Ilha do Marajó, onde o patrulhamento é feito em búfalos.

 

Em Brasília, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros utilizaram 4.164 militares, 506 viaturas, duas embarcações e três aeronaves. Entre a manhã desta quarta-feira e a manhã de hoje, os policias militares abordaram 5.230 pessoas. Dessas, 55 foram presas em flagrante, 14 veículos recuperados e três armas apreendidas.

 

A comandante-geral da PMDF, coronel Sheyla, frisou que mais importante que os números é mostrar para a sociedade a atuação da polícia. “Nosso principal papel é a promoção do policiamento ostensivo e preventivo. A redução da criminalidade envolve, além da polícia, vários órgãos do GDF e a sociedade”.

 

Nas abordagens, os policiais militares apreenderam 240 gramas de maconha, 12,5 gramas de cocaína e 10 comprimidos de ecstasy.