Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/06/19 às 18h52 - Atualizado em 12/06/19 às 18h52

❤Operação Afrodite: 32 estabelecimentos foram vistoriados

COMPARTILHAR

Nicole Vasconcelos, da Ascom SSP/DF

 

Vinte e oito motéis e quatro casas de suingue foram vistoriados durante a Operação Afrodite deste ano. Doze estabelecimentos foram notificados pelos técnicos da Subsecretaria do Sistema de Defesa Civil, vinculada à Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/DF). A ação foi realizada entre os dias 29 de maio e 10 de junho.

 

As equipes fiscalizaram, orientaram e avaliaram as condições gerais de segurança em estabelecimentos de Regiões Administrativas do Distrito Federal. O foco era a prevenção nas semanas que antecederam o Dia dos Namorados, comemorado no dia 12 de junho, data em que esses pontos registram aumento de movimento.

 

As ações aconteceram no período da manhã e da tarde, horários de menor movimento de clientes, visando garantir a privacidade dos frequentadores.

 

Os principais problemas detectados nos locais notificados foram a ausência de sistemas elétricos adequados, fiações e ferragens expostas, além de trincas, fissuras e infiltrações. Extintores de incêndio com inspeções vencidas também foram encontrados.

A Defesa Civil constatou que as edificações visitadas não possuem risco iminente. Os técnicos da Defesa Civil orientaram os proprietários dos estabelecimentos quanto à necessidade de manutenções pontuais a fim de evitar processos de degradação.

O não cumprimento imediato das exigências de segurança pode ocasionar na interdição parcial ou total das edificações.

 

Na edição de 2018, a Operação Afrodite notificou 17 motéis por apresentarem irregularidades e/ou possíveis riscos para os usuários. Durante a operação, foram verificados a falta de disjuntor residual nas banheiras e falhas de manutenção, que acabaram resultando infiltrações, ferragens e fiações expostas.

 

Edição: Adriana Machado

Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília.