gototop





FacebookTwitter
Segunda, 16 Abril 2018

Aumentam denúncias de maus tratos de animais no DF

  Igor Nogueira
Aumentam denúncias de maus tratos de animais no DF Brasília, DF, Brasil 4/1/2017 Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília.

Facilidade de registros ajuda Polícia Civil a ter mais conhecimento sobre agressões e outros tipos de maus tratos

Nos três primeiros meses deste ano, 41 ocorrências de maus tratos a animais foram registradas nas delegacias da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). Na comparação com o mesmo intervalo do ano passado, houve aumento de 19 casos. A possibilidade de denunciar o abandono, a agressão física ou psicológica, entre outras situações, pela delegacia eletrônica está entre as explicações para a alta dos números.

No acumulado de todo o ano passado, foram 136 ocorrências, enquanto no ano anterior, foram 111. Para a delegada-chefe do Meio Ambiente e de Proteção a Ordem Urbanística (Dema), Mariliza Gomes, os registros têm a ver com a mudança cultural da população. “A disponibilização de vários meios de denúncia, por e-mail, telefone e via WhatsApp, ajudou no combate ao crime. Esses delitos sempre ocorreram, mas agora estamos conseguindo ter mais denúncias”, afirmou.

Outro fator que explica o avanço das ocorrências é a forma como a Polícia Civil vem tratando o assunto, de forma mais direcionada. Em março do ano passado, houve a criação da Seção de Combate a Maus Tratos a Animais dentro da Dema. Diversas palestras para capacitar os policiais que trabalham em delegacias de área foram realizadas desde então. A ideia de criar essa seção surgiu a partir de reivindicações da população e de ONGs voltadas à defesa dos animais.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil possui cerca de 30 milhões de animais abandonados. O número é maior do que a quantidade de habitantes da Austrália.

Atualmente, a maior parte das denúncias que chega à PCDF é feita de forma anônima. Os policiais, quando acionados, observam aspectos básicos como higiene do local, alimentação e se há sofrimento físico ou psicológico do animal. “Caso haja suspeita de agressões físicas, o animal é encaminhado para um exame pericial semelhante ao chamado corpo de delito”, explicou Mariliza.

Denúncias

A Dema pode ser acionada diretamente pelo número 197, pelo WhatsApp – (61) 98626-1197, pelo e-mail  Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.  ou pelo telefone 3207-4856. O Batalhão Ambiental da Polícia Militar também pode ser acionado, 24 horas por dia, pelo telefone 3190-5190 e pelo WhatsApp – (61) 99351-5736.

Legislação

Quando os maus tratos são comprovados, o autor é conduzido à delegacia e assina um termo circunstanciado se comprometendo a comparecer na Justiça assim que chamado. Ele poderá responder com base no artigo 32 da Lei dos Crimes Ambientais. A pena prevista é de três meses a 1 ano de detenção, podendo ser aumentada de um sexto a um terço, se houver morte do animal.

 

 Acompanhe a #SSPDF nas redes sociais:  

Facebook | Twitter | Instagram | Youtube

 

 

 

 

 

VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias Aumentam denúncias de maus tratos de animais no DF