gototop





FacebookTwitter
Quarta, 06 Dezembro 2017

Forças de segurança apresentam produtividade do mês de novembro

  Igor Nogueira
Forças de segurança apresentam produtividade do mês de novembro Foto: Flávio Alves

Principais ações e dados de produtividade da área de segurança pública foram apresentados durante entrevista coletiva na SSP/DF


Os representantes das Forças de Segurança do Distrito Federal divulgaram nesta quarta-feira (6), durante coletiva realizada na Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social (SSP/DF), os números referentes a atuação das corporações no mês de novembro.

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran/DF) divulgou o número de pessoas que se envolveram em acidentes fatais, que caiu, seguindo a tendência registrada ao longo do ano. No último mês, 18 pessoas morreram. No mesmo período do ano passado, foram 31 vítimas. Uma redução de 42%, quando comparados os dois meses.

Segundo o diretor-geral do Detran/DF, Silvain Fonseca, a constante redução de mortes nas vias do DF é resultado das campanhas de educação, das ações de fiscalização e das operações de engenharia do órgão. “Nós estamos chegando na meta da Organização das Nações Unidas, com redução de 50 % de mortos”, destacou.

Em novembro, 384 condutores tiveram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa ou cassada pelo Departamento. Durante o mês passado, 193 operações de fiscalização foram desencadeadas - quase 100 a mais que no mesmo período de 2016. Durante as bitze, 133 pessoas foram presas em flagrante por dirigir sob o efeito do álcool. O órgão ainda realizou 82 atividade educativas, que atingiram mais de 26,1 mil pessoas.

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) retirou 146 armas das ruas em novembro. No acumulado do ano, foram duas mil apreensões do tipo, o que reflete diretamente na redução dos crimes contra o patrimônio e contra a vida.

A corporação também atuou em ações de trânsito. Em novembro foram feitas mais de 32 mil autuações. No acumulado do ano o número ultrapassa 314 mil.  Somente as notificações por alcoolemia somam 16,2 mil entre janeiro e novembro deste ano e 985 registros do tipo no último mês.

Além das ações de fiscalização e policiamento, a PMDF atendeu mais de 175 mil ligações pelo 190, apenas em novembro deste ano. Desde o início de 2017, já são mais de dois milhões de chamadas (2.130.487).

“Os dados de novembro são muito positivos para o sistema de Segurança Pública e mostra a integração e esforços de todos os órgãos. A Polícia Militar teve 81% na produtividade e desempenhos dos policiais com estratégias, como a reativação do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) e otimização das novas viaturas em pontos que a população mais precisa”, explicou o comandante- geral da PMDF, coronel Marcos Antônio Nunes.  

No mês passado, 655 adultos foram presos por mandados de prisão pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). Um aumento de 19% em relação ao mesmo período do ano passado, quando 550 prisões foram efetuadas. No acumulado de janeiro a novembro a corporação aumento em 13,9% o número de cumprimento de mandados de prisão. O total de 8,1 mil adultos foram presos, quase mil a mais que o número registrado no mesmo período de 2016 (7,1 mil). A quantidade de menores apreendidos por meio de mandados de prisão também aumentou no acumulado do ano. Foram 1,5 mil apreensões, o que representa um aumento de 10,3%, quando comparado ao mesmo período do ano passado.

De acordo com o diretor-geral adjunto da PCDF, Cícero Jairo de Vasconcelos, as investigações qualificadas são importantes para a desarticulação de organizações criminosas. “O trabalho da PCDF é voltado para a investigação qualificada. Nós temos intensificado a quantidade de operações. Com o trabalho qualificado, o preso permanece preso”, comentou

A quantidade de ocorrências por incêndios florestais registradas pelo Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) no último mês subiu 21%, quando comparado ao mesmo período do ano passado. Foram seis ocorrências a mais, totalizando 35 registros. Entretanto, a área queimada diminuiu de 27 hectares para no mesmo período. Percentualmente, a redução chega a 56%, o que mostra maior efetividade nas ações da corporação.

Para o comandante da corporação, Coronel Hamilton Santos, a redução da área queimada no mês passado é resultado do atendimento rápido dos bombeiros.  “A corporação atendeu muito mais ocorrências e conseguiu reduzir a quantidade de área queimada, preservando o cerrado, a fauna e a flora”.

Durante o mês, O CBMDF realizou 6,6 mil atividades operacionais. Um aumento de 36%, quando comparado a novembro do ano passado. No dado estão inclusos os atendimentos no trânsito (1.069), atividades administrativas (1,5 mil), atendimentos pré-hospitalares (3,2mil), ocorrências de busca, salvamento e outras (464). Foram registradas também 315 ocorrências de combate a incêndio em novembro de 2017.

 

VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias Forças de segurança apresentam produtividade do mês de novembro