Governo do Distrito Federal
10/05/22 às 14h16 - Atualizado em 10/05/22 às 14h16

Museu Itinerante de Drogas em Sobradinho neste sábado (7)

Adriana Machado, da Ascom – SSP/DF

Como parte da programação da Cidade da Segurança Pública (CSP), projeto da Secretaria de Segurança Pública (SSP) que esta semana está em Sobradinho, a população poderá conhecer o Museu Itinerante da Polícia Civil do DF (PCDF). Orientadas por policiais, as visitas foram abertas nesta sexta (6) e podem ser feitas neste sábado (7), das 9h às 14h. A duração média é de 10 minutos, no ônibus estacionado em frente à Galeria Central de Sobradinho.

 

“Explicamos o efeito dos entorpecentes e reforçamos os fatores de proteção e risco e os respectivos contextos individuais, familiares e sociais na prevenção ao uso de drogas”Wesley Bomfim, chefe do Centro Piloto de Educação e Prevenção ao uso de Drogas

 

Os protocolos de segurança sanitária deverão ser seguidos durante a visitação. Com a entrada de até dez pessoas por vez, será obrigatório o uso de máscara facial e álcool gel nas mãos. Os visitantes receberão panfletos informativos.

Agentes da Polícia Civil acompanham os visitantes e fornecem todas as informações sobre o tema | Foto: Divulgação/SSP

As visitas são indicadas para maiores de 12 anos, por conta da linguagem utilizada. “Explicamos o efeito dos entorpecentes e reforçamos os fatores de proteção e risco e os respectivos contextos individuais, familiares e sociais na prevenção ao uso de drogas”, explica o chefe do Centro Piloto de Educação e Prevenção ao Uso de Drogas (Cepud), Wesley Bomfim. “Desta forma, crianças acima de 12 anos conseguem absorver melhor o conteúdo”.

 

Prevenção

Criado há 20 anos, o museu integra a estrutura do Centro Piloto de Educação e Prevenção ao Uso de Drogas e Violências, da Escola Superior da Polícia Civil (ESPC), localizada no Riacho Fundo II. Alinhada às diretrizes internacionais sobre a prevenção do uso de drogas, a PCDF trabalha com o objetivo de ampliar os fatores de proteção e diminuir os de risco.

Outra forma de conhecer o museu é acessar o site para obter informações sobre drogas, agendar visitas e ajuda ao dependente químico e seus familiares. Escolas públicas e particulares interessadas em ir ao museu ou solicitar uma visita do ônibus devem entrar em contato pelo e-mail espc-cepud@pcdf.df.gov.br.