Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/05/20 às 17h09 - Atualizado em 27/05/20 às 18h42

Mais de 300 carcaças foram retiradas das ruas do DF neste ano

COMPARTILHAR

Adriana Machado, da Ascom – SSP/DF

 

 

A Operação DF Livre de Carcaças retirou dezesseis veículos abandonados das ruas do Distrito Federal nesta semana. Na quarta-feira (27), a equipe, coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP/DF) esteve em Sobradinho e segunda-feira (25) foi a vez do Riacho Fundo I. A Operação faz parte das ações do Governo do Distrito Federal (GDF) para eliminar focos do mosquito Aedes Aegypti – transmissor de dengue, zika e chikungunya. Desde janeiro, 311 carcaças foram retiradas das ruas do Distrito Federal.

 

A identificação dos veículos foi feita pelos Conselhos Comunitários de Segurança (Consegs), população e administrações regionais. “Contamos ainda com o apoio das administrações regionais locais e nesta operação de hoje não foi diferente. Além da retirada das carcaças, fizemos um trabalho educativo com a população e explicamos a importância de retirar esses materiais das ruas”, contou o coordenador dos Consegs da SSP/DF, Marcelo Batista.

 

A ação conjunta reúne as secretarias executivas das Cidades e de Políticas Públicas, DF Legal, do Departamento de Trânsito (Detran-DF), da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival), da Secretaria de Saúde (SES), Novacap e Departamento de Estradas de Rodagem (DER/DF).

 

O material recolhido nas Operações do Departamento é monitorado, pelo menos duas vezes por semana, por agentes da Dival. “Enquanto estão recolhidos no pátio em Samambaia, as carcaças são vistoriadas por equipes de combate à dengue. Não seria viável apenas transferir os veículos e não sanar o problema da proliferação dos mosquitos transmissores de doenças”.

 

As próximas Operações serão realizadas em São Sebastião na quarta-feira (1º) e no Núcleo Bandeirante na quarta-feira (3).

 

Edição: Nicole Vasconcelos

Foto: Divulgação – SSP/DF