Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/06/21 às 21h38 - Atualizado em 28/06/21 às 16h43

🚨🚨DF integra operação nacional de combate às drogas

Lançada no início de junho, a Operação Narco Brasil foi finalizada no Distrito Federal, nesta sexta-feira (25). A ação realizada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) tem alcance nacional. No Distrito Federal, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) atuou como parceira junto às polícias Civil (PCDF) e Militar (PMDF). A partir de reuniões realizadas pela Subsecretaria de Operações Integradas (Sopi), foram preparadas ações específicas dentro da atribuição de cada setor para o combate ao tráfico de drogas.

 

Drogas incineradas durante a operação: sucesso de ações reforçadas por parceria | Foto: Divulgação/SSP

 

A operação antecede a 23ª Semana Nacional de Políticas sobre Drogas. Neste período, foram apresentados resultados da intensificação das ações de combate ao tráfico. Entre os dias 1º e 25 deste mês, as forças de segurança, numa ação concentrada para o combate ao tráfico de entorpecentes, executaram 3.472 operações e apreenderam 2,7 toneladas de drogas. No mesmo período, 216 pessoas foram presas ou apreendidas e 28 mandados de prisão foram cumpridos. As ações independem das atividades ordinárias das corporações.

 

“A concentração de esforços para o combate ao tráfico de drogas no país é essencial para a redução de outros crimes que estão diretamente ligados à venda de entorpecentes” Delegado Júlio Danilo, secretário de Segurança Pública

 

O secretário de Segurança Pública, delegado Júlio Danilo, aposta na eficiência das operações conjuntas: “A concentração de esforços proposta pelo MJSP para o combate ao tráfico de drogas no país é essencial para a redução de outros crimes que estão diretamente ligados à venda de entorpecentes, como homicídios e crimes contra o patrimônio. Combater essa prática criminosa, como forma de enfraquecimento de quadrilhas que atuam nessa área, é uma das prioridades para a Segurança Pública”.

 

O titular da SSP lembra de outra ação importante realizada de forma contínua pelas forças de segurança: “A Operação Quinto Mandamento é uma das estratégias adotadas, sob a coordenação da SSP e participação das forças. Apesar de ser uma operação que tem como foco a redução de homicídios, as ações realizadas semanalmente incidem diretamente no combate ao tráfico de drogas, que também está ligado a outros crimes, principalmente patrimoniais, pois é para adquirir a droga que outros delitos são cometidos”.

 

1,4 toneladasde drogas foram incineradas nos primeiros 25 dias deste mês

 

De acordo com o secretário executivo de Segurança Pública, delegado Milton Neves, o trabalho integrado das forças de segurança com a SSP é essencial para resultados ainda mais expressivos. “Temos o papel de promover uma atuação conjunta com os órgãos de segurança pública, e, aqui no DF, essa cooperação está cada vez maior”, afirma.

 

 Incineração

Ainda nesta sexta-feira (25), a PCDF, por meio da Coordenação de Repressão às Drogas (Cord), realizou uma operação para incinerar aproximadamente 1,4 toneladas de drogas, como cocaína, crack, haxixe, skunk e maconha – esta última em maior quantidade no total. É a segunda incineração do ano. A primeira ocorreu em abril, quando duas toneladas foram destruídas.

A ação contou com apoio de policiais civis lotados na Cord, na Divisão de Operações Especiais (DOE) e na Divisão de Operações Aéreas (DOA). O Departamento de Trânsito do DF (Detran) deu suporte com a escolta do comboio, que seguiu até a empresa responsável pela incineração de lixo especial, localizada em Santo Antônio do Descoberto (GO).

 

Para o coordenador de Repressão às Drogas, delegado Rogério Henrique, as ações de enfrentamento ao tráfico durante a operação Narco Brasil resultaram em grandes apreensões realizadas pelas forças de segurança do DF. “Essas ações demonstram que o DF está no caminho certo quanto ao enfrentamento ao tráfico de drogas, crime que pode ser considerado um delito matriz de diversos outros crimes, especialmente patrimoniais e contra a vida”, analisa.

 

Área de Segurança Prioritária (ASP)

Um dos destaques do programa Área de Segurança Prioritária (ASP), implantado na Estrutural, o Museu Itinerante de Drogas está aberto à visitação da população até sábado (26). A atração integra também a 23ª Semana Nacional de Políticas Sobre Drogas.

 

A PMDF realiza rotineiramente ações de prevenção ao tráfico de drogas, por meio do policiamento ostensivo e operações, e também de conscientização, com ações educativas empreendidas pelo Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), adotado em mais de 58 países.

 

“Estamos nesta semana na Área de Segurança Prioritária, da SSP, com nossos policiais fazendo intervenções”, lembra o comandante-geral da PMDF, coronel Márcio Vasconcelos. “A corporação está sempre atenta a essa temática, tanto na repressão quanto na conscientização”;

 

Edição: João Roberto e Lanna Morais