Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
31/01/19 às 17h18 - Atualizado em 31/01/19 às 17h19

Defesa Civil prorroga operação de vistoria de boates e casas de show

COMPARTILHAR

 

Adriana Machado, da Ascom – SSP/DF

 

 

Programada para terminar, nesta sexta-feira (1º), a operação da Defesa Civil para vistoriar bares e casas de shows será prorrogada por mais uma semana. Desta forma, os trabalhos se estenderão até o próximo dia oito de fevereiro. A operação é realizada anualmente. Este é o quarto ano que ela ocorre.

 

A Subsecretaria do Sistema da Defesa Civil, vinculada à Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF), alterou o prazo por conta da demanda que surgiu no decorrer da operação, realizada para reduzir possíveis riscos ou ameaças para frequentadores e funcionários dos estabelecimentos.

 

As visitas são realizadas, preferencialmente, nos períodos da tarde e noite. O estabelecimento é notificado para reparo imediato ou ganha prazo, de até trinta dias, para as devidas providências.

 

“Desde que iniciamos este trabalho, podemos dizer que acidentes foram evitados e vidas foram poupadas”, disse o coordenador coordenador de Operações da Defesa Civil, tenente-coronel Sinfrônio Lopes.

 

No levantamento parcial da Defesa Civil, até hoje 33 locais foram vistoriados, sendo que uma casa de show foi interditada em Taguatinga Sul por estar funcionando sem a conclusão das obras e outros três notificados por problemas elétricos.

 

A medida tem o objetivo de fiscalizar os estabelecimentos para evitar acidentes, como o da boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, em 2013, que matou 242 pessoas e feriu outras 680. A tragédia teria sido motivada por um sinalizador disparado em direção ao teto da boate que era revestido por material altamente inflamável.

 

Edição: Joaquim São Pedro