Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/04/18 às 15h49 - Atualizado em 29/10/18 às 12h56

Comando Aéreo da PMDF completa 21 anos

COMPARTILHAR

Por: Igor Nogueira

 

O acompanhamento de fugas, distúrbios civis, combate a incêndio e salvamento realizados pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) contam com o apoio do Comando de Policiamento Aéreo (CPaer). A unidade, que completa 21 anos no próximo domingo (29), já participou de operações de destaque, como o combate ao incêndio na Chapada dos Veadeiros, em 2017, e suporte operacional aéreo em grandes eventos, como Copa do Mundo e Olimpíadas.

 

“As equipes que estão no ar são importantes para os policiais que estão em viaturas, por exemplo, pois eles têm uma visão mais ampla e privilegiada das ocorrências”, explicou o comandante do CPAer, coronel Renato Costa.

 

O policiamento ostensivo aéreo também é utilizado no controle do trânsito das vias do DF, escoltas de autoridades, transporte de pacientes em casos de urgências médicas, salvamento e resgate em locais de difícil acesso e transporte de órgãos humanos. “Poder contribuir com um transplante não tem preço, pois nesses casos o tempo é fundamental”, completou Costa.

No primeiro trimestre deste ano, o CPAer realizou 61 buscas e atendeu 261 ocorrências, além de apoiar escoltas e outros órgãos, como a Agência Nacional de Aviação Civil e o Departamento de Estrada e Rodagens.

 

Atualmente, a unidade possui 16 pilotos e copilotos habilitados e capacitados para pilotar as seis aeronaves da PMDF. Os tripulantes são responsáveis pela segurança durante o voo. A estrutura também é formada por mecânicos especializados na manutenção e conservação das aeronaves.