Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/11/20 às 10h26 - Atualizado em 25/11/20 às 10h31

✋👩‍🦱Cidade da Segurança Pública terá programação especial para proteção da mulher

Adriana Machado, da Ascom – SSP/DF

Primeira região administrativa a receber a edição inicial da Cidade da Segurança Pública, Planaltina contará com uma programação especial de proteção à mulher e combate à violência de gênero. Além de oficinas, palestras e atendimentos de 25 a 29 de novembro – seguindo os protocolos sanitários com uso de máscara e de álcool em gel, e com limite de público para evitar aglomeração – duas paradas de ônibus da cidade receberão pintura e arte urbana com a temática, em ação realizada com apoio da Administração Regional de Planaltina.

 

Nesta quarta-feira (25) — Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, que marca o início da campanha anual 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres – as duas paradas de ônibus serão pintadas por grafiteiras voluntárias moradoras de Planaltina, sob a coordenação da Subsecretaria de Prevenção à Criminalidade (Suprec), da Secretaria da Segurança Pública do DF (SSP/DF). Os locais foram escolhidos pela proximidade com uma área no bairro Arapoanga, que será transformada em uma praça em homenagem à Letícia Curado, vítima de feminicídio em 2019.

 

“O ato simbólico para homenagear a advogada Letícia será também uma forma de mostrar a importância da vida das mulheres e chamar atenção para a necessidade da denúncia, evitando assim que outras mulheres sejam vítimas de violência. Os canais de denúncia estarão visíveis na parada e vamos divulgar também nossa campanha, a #MetaAColher, que convida toda a população a se juntar nesta luta que não é só das mulheres, não é só da segurança pública, mas de todos os cidadãos”, argumenta o secretário de Segurança Pública, delegado Anderson Torres.

 

Para o secretário executivo de Segurança Pública, delegado Júlio Danilo, as ações programadas possibilitarão ao público conhecer e interagir com abordagens da segurança pública sobre a temática de proteção da mulher. “As ações serão realizadas por profissionais especializados, de forma criativa e inovadora, contribuindo transversalmente para a prevenção a violência por meio da reflexão, do fortalecimento da autoestima, desenvolvimento de valores e da formação cidadã. Esta é uma das políticas prioritárias para a SSP/DF e das forças de segurança e não poderia ficar de fora de nossa programação, que foi preparada de forma tão cautelosa e levando-se em consideração as peculiaridades da região”.

 

Na sexta-feira (27), será realizada uma oficina de artes plásticas para mulheres e meninas. De acordo com o subsecretário de Prevenção à Criminalidade, Manoel Arruda, a agenda de ações voltadas para mulheres contemplará duas perspectivas. “A primeira contará com profissionais do programa de Prevenção Orientado à Violência Doméstica e Familiar (Provid), da Polícia Militar do DF (PMDF), que promove a segurança pública e os direitos humanos, a partir de intervenções familiares, com o apoio dos demais órgãos da rede de apoio e proteção”, esclarece. “A segunda será mediada por profissional da segurança pública com expertise na temática, que abordará temas que perpassam a violência, sob o viés do protagonismo feminino e de perspectivas de superação dos desafios, a partir da reflexão sobre vivências e saberes voltados à promoção da saúde emocional, da autoestima e do bem estar, para construção de novas trajetórias de vida”.

 

Uma palestra, seguida de roda de conversa, com orientações para prevenção da violência doméstica e familiar, será realizada também na sexta-feira (27), no auditório da Administração Regional de Planaltina, das 14h às 16h. A participação será limitada a 15 mulheres, para que sejam obedecidas medidas sanitárias de distanciamento social. As participantes deverão usar máscara e fazer uso de álcool em gel durante o debate.

 

De acordo com uma das palestrantes, a policial Daise Lucy, idealizadora do programa voltado para o combate da violência doméstica – Caminho das Flores – após a palestra, as participantes poderão trocar experiências por meio da roda de conversa. “Durante a palestra, buscamos estimular a valorização da mulher, e logo depois conversamos sobre a experiência de vida de cada uma delas, o que acaba sendo benéfico para todas as participantes”, afirma Daise.

 

Provid e Deam Móvel
Equipes do programa de Prevenção Orientado à Violência Doméstica e Familiar (Provid estarão na sexta-feira (27) e no sábado (28) na Cidade da Segurança fazendo orientações sobre as formas de acesso ao programa. Nos mesmo dias, a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) Móvel também estará no local para atendimento do público presente.

 

Edição: Camila Vidal e João Roberto