Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/03/21 às 19h28 - Atualizado em 26/03/21 às 19h32

🚨🙎🏼‍♀️🙎🏿‍♂️ Além da Toque de Recolher, Detran segue orientando motoristas

Adriana Machado e e Suzano Almeida, da DE Legal

 

Além das abordagens com foco nas medidas sanitárias e de suspensão de circulação impostas pelo decreto, os agentes fiscalizam outras medidas, como documentação e alcoolemia| Foto: Secretaria de Segurança Pública

 

 

O apoio operacional do Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF) à força-tarefa Toque de Recolher do Governo do Distrito Federal (GDF) que fiscaliza diariamente o cumprimento ao decreto que suspende a circulação de pessoas das 22h às 5h – exceto situações permitidas como deslocamento para hospitais – tem início já nas primeiras horas do dia. Além disso, os agentes montam pontos de bloqueio.

 

“O sistema de saúde já está sendo muito demandado por conta da pandemia, precisamos conscientizar a população e fazer a fiscalização para evitar acidentes” Lúcio Lahm, diretor de fiscalização do Detran-DF

 

“Fazemos abordagens em pontos de bloqueio fixos em quatro regiões administrativas por noite. Depois da meia-noite, a movimentação de veículos é muito menor. A partir desse horário, os agentes realizam patrulhamento em regiões próximas. Por exemplo, no ponto que montamos em Ceilândia, seguimos na sequência para Sol Nascente e Pôr do Sol’, explica o diretor de fiscalização do Detran-DF, Lúcio Lahm.

 

Além das abordagens com foco nas medidas sanitárias e de suspensão de circulação impostas pelo decreto, os agentes fiscalizam outras medidas, como documentação e alcoolemia, com o objetivo de evitar acidentes de trânsito, como afirma Lahm. “O sistema de saúde já está sendo muito demandado por conta da pandemia, precisamos conscientizar a população e fazer a fiscalização para evitar acidentes”.

 

Somente na quinta-feira (25), agentes do Detran-DF atuaram em Sobradinho, no SIA e no Riacho Fundo 1. Foram registradas 138 abordagens. Os agentes flagraram 12 condutores alcoolizados, três que não tinham habilitação para dirigir e foram autuados outros 48 por infrações diversas. Foram removidos nove veículos ao depósito por apresentarem irregularidades.

 

A ação é coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP/DF) e reúne as forças de segurança – polícias Militar e Civil, Detran-DF e Corpo de Bombeiros –, além da Vigilância Sanitária, Brasília Ambiental, Procon e as secretarias DF Legal, Mobilidade (Semob),  Agricultura (Seagri) e Economia (Seec).

 

Os locais de atuação são definidos diariamente a partir de estratégias que levam em consideração a situação diária e locais com maior aglomeração, sob a coordenação da DF Legal. Com a PMDF, a secretaria realizou, nesta quinta-feira (25), 14.999 vistorias a estabelecimentos comerciais por todo o Distrito Federal.

 

Do total, 573 foram abordados, 33 multas aplicadas e seis interdições por descumprimento dos decretos de combate à covid-19. Também nesta quinta-feira, 469 quiosques foram vistoriados e 17 abordados, além da retirada de 10 ambulantes. Duas pessoas foram multadas por descumprirem o toque de recolher. Outras 37 multas foram aplicadas pelo não uso de máscara.

 

Entre os dias 8 e 25 de março, as equipes de fiscalização realizaram 247.378 vistorias por todo o Distrito Federal, com 8.111 abordagens a estabelecimentos. Desse total, 317 foram multados e 461 interditados.

 

Ao todo, 49 pessoas foram multadas por desobedecerem o toque de recolher e 37 multadas pelo não uso de máscaras. No mesmo período, 11.864 quiosques foram vistoriados e 909 abordados. Ao todo, 2.810 ambulantes foram removidos.

 

| Foto: Secretaria de Segurança Pública
Todos os quartéis do Corpo de Bombeiros estão envolvidos nas rondas | Foto: Secretaria de Segurança Pública

 

O CBMDF realizou 12 operações de fiscalização. Participaram 13 viaturas e 61 bombeiros. Os militares realizaram as ações em Águas Claras, Brazlândia, Lago Sul, Asa Sul, Núcleo Bandeirante, Ceilândia Centro, Gama, Candangolândia, Santa Maria, Asa Norte, São Sebastião, Brasília e Samambaia.

 

“Estamos atentos aos comércios e ao toque de recolher, mas nosso objetivo principal é orientar a população, que tem nos atendido de forma muito tranquila” Deusdete Vieira, tenente-coronel do CBMDF

De acordo com o tenente-coronel Deusdete Vieira, o formato criado permite que praticamente todo o DF seja monitorado pelos militares. “As rondas estão sendo feitas por todos os quartéis. Desta forma, conseguimos alcançar todas as regiões administrativas. Estamos atentos aos comércios e ao toque de recolher, mas nosso objetivo principal é orientar a população que tem nos atendido de forma muito tranquila. Somos sempre muito bem recebidos”, conclui.

 

A PMDF abordou 152 veículos nos pontos de bloqueio na via Estrutural (DF-095), EPTG, Planaltina, Samambaia e Lago Sul. Também não foi registrado nenhum desrespeito ao toque de recolher pelos militares.

 

Cerca de 150 agentes da PCDF participaram da operação. Os policiais realizaram rondas em todas as regiões administrativas, por meio das delegacias de área. Os policiais abordaram 704 pessoas e 80 veículos. Diariamente, cerca de cem agentes são empregados na ação a partir das 22h.

 

Edição: Lanna Morais