Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/01/20 às 14h17 - Atualizado em 20/01/20 às 13h10

👮🏻👮🏽‍♀️718 novos policiais militares reforçam segurança no DF

COMPARTILHAR

Com informações da Polícia Militar

 

Ocorreu na noite de hoje (9 de janeiro), no Estádio Nacional Mané Garrincha, a solenidade militar de encerramento do CFP VI. O evento contou com a presença do governador em exercício do Distrito Federal, Paco Brito, do Secretário Executivo de Segurança Pública, delegado Alessandro Moretti, do comandante-geral da PMDF, coronel Pontes, do subcomandante-geral, coronel Sérgio, entre várias autoridades militares e civis, bem como familiares e amigos dos novos soldados da Polícia Militar.

 

Após a apresentação das mascotes do CFP VI (cachorros adotados pelos alunos), houve a exibição do vídeo institucional da PMDF no telão do estádio. Em seguida, os formandos entraram no gramado coberto por um tablado, tomando lugar no dispositivo e emocionando os presentes. Antes deles, tomaram lugar no dispositivo os policiais militares da equipe de coordenação da Escola de Formação de Praças.

 

O CFP VI foi iniciado em 03 de junho de 2019 com 754 alunos. Teve duração de 7 meses, se encerrando hoje, 9 de janeiro de 2020, com 718 formandos. Durante esse período, foram ministradas instruções essenciais ao desempenho da profissão Policial Militar: armamento, munição e tiro, defesa pessoal e abordagem policial, enfatizando a atuação na proteção dos Direitos Humanos.

 

 

Houve também a Jornada de Instruções Policiais Militares – JIPOM onde os alunos provaram suas capacidades físicas e mentais em um ambiente de estresse, permanecendo 36 horas em exercícios simulados em área rural. O comando da escola ficou a cargo do major Alessandro Lopes Arantes. O curso ofertou aos discentes a prática operacional em radiopatrulhamento e policiamento ostensivo geral, assimilando, ainda em curso, a rotina de trabalho na carreira.

 

Os três primeiros colocados no curso receberam das mãos do comandante-geral da PMDF, coronel Pontes, do Chefe do Departamento de Educação e Cultura, coronel Marcelo Helberth de Souza e do secretário de Segurança Pública, Anderson Torres, certificados por ocuparem as posições de destaque. A Primeira colocada foi a soldado Raquel Santos Gonçalves de Magalhães, seguida pelo soldado Matheus Souto de Oliveira e pelo soldado Júlio César da Nobrega Meneses. A soldado Raquel ainda recebeu das mãos do governador Paco Brito a medalha Duque de Caxias – mérito intelectual. A medalha é uma condecoração concedida por ato do comandante-geral ao policial militar primeiro colocado nos cursos de formação e aperfeiçoamento da carreira. É um símbolo de reconhecimento da dedicação e esforço envidados pelo aluno durante o período de sua formação profissional.

 

O comandante da Academia de Polícia Militar, coronel William, realizou a leitura da Ordem do Dia. O comandante-geral, coronel Pontes, durante o uso da palavra, chamou a atenção para o dia de festa e alegria onde não só a PMDF, mas toda sociedade brasiliense recebe os novos policiais militares. O coronel Pontes lançou uma pergunta aos presentes: por que escolhemos sermos policiais militares? E respondeu elencando uma série de fatores onde, apesar das dificuldades, mostram a recompensa que explica o fato de escolhermos sermos policiais militares. “Por mais do que uma profissão, exercemos um sacerdócio. Nossa opção foi feita pela alma e com lastro em vocação”, disse o comandante.

 

Já o governador do DF em exercício, Paco Brito, registrou sua alegria em estar nessa cerimônia e a honra de presidi-la como governador em exercício. Ele chamou a atenção para o fato da PMDF ser referência nacional e internacional devido a qualidade de seus recursos humanos. Em seguida a solenidade foi encerrada com o último “fora de forma” comandado pelo major Arantes.

 

Fotos: Maurício Araújo, da SSP/DF