Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/02/20 às 15h45 - Atualizado em 18/02/20 às 15h53

🤝Cogestão de presídios: SSP/DF se reúne com representantes do Judiciário

COMPARTILHAR

Adriana Machado, da Ascom – SSP/DF

 

 

O grupo de trabalho responsável pela cogestão dos novos presídios do Distrito Federal se reuniu nesta terça-feira (18), no Centro Integrado de Operações de Brasília (CIOB). O grupo, instituído pelo secretário de Segurança Pública do Distrito Federal – Anderson Torres – apresentou estudos e planejamentos aos representantes dos órgãos do Judiciário presentes, como a Vara de Execuções Penais (VEP), Ministério Público do Distrito Federal e territórios MPDFT e Defensoria, e também da Secretaria de Estado de Projetos Especiais do Distrito Federal (SEPE) e Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Distrito Federal (OAB/DF).

 

O modelo de administração em estudo deverá ser implementado nos quatro novos Centros de Detenção Provisória (CDPs), com inauguração prevista para este ano. A segurança das unidades e dos internos continuará sob a responsabilidade dos agentes da Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe).

 

Para o secretário, a reunião é de extrema importância para as discussões e os avanços no Sistema Penitenciário do Distrito Federal. “Nos reunimos para continuar as discussões do Grupo de Trabalho que traça um novo modelo de gestão e contratação de serviços para os novos quatro Centros de Detenção Provisória com inauguração prevista para este ano. Por isso, é muito importante contar com a presença da Sesipe, VEP, do MPDFT, da Defensoria Pública, da OAB. Todos os atores envolvidos discutindo um novo arcabouço que será muito importante para o Sistema Penitenciário, que precisa passar por adequações robustas”.

 

O objetivo do novo sistema é simplificar a administração dos presídios. Atualmente, várias empresas prestam serviços – como de alimentação, de manutenção predial e de saúde. Além disso, há a necessidade da realização de inúmeros processos licitatórios para aquisição de suprimentos, como materiais de limpeza, higiene e medicamentos. Com o novo modelo, uma só empresa especializada prestará os serviços e fornecerá bens e equipamentos para o funcionamento das novas unidades prisionais.

 

O secretário executivo de Segurança Pública, Alessandro Moretti também estava presente na reunião, que contou com a participação do secretário da SEPE, Everardo Ribeiro Gueiros Filho, a juíza titular da VEP, Leyla Cury, a promotora de Justiça do Nupri, Claudia Tomelin.

 

Edição: Lanna Morais

Foto: Maurício Araújo