Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/10/19 às 17h39 - Atualizado em 30/10/19 às 18h32

??‍?Motociclistas: Bombeiros oferecem aulas de direção defensiva e primeiros socorros

COMPARTILHAR

Adriana Machado, da Ascom – SSP/DF

 

Motociclistas interessados em aprender sobre primeiros socorros e direção defensiva, poderão procurar o Grupamento de Atendimento de Emergência Pré-Hospitalar (Gaeph), do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), no Guará.

 

As aulas ocorrem em novembro. Serão quatro turmas, sendo duas de conhecimento básico, nos dias 11 e 12, e duas de nível intermediário, nos dias 18 e 19, sempre das 8h às 18h. “Para se inscrever no nível intermediário, necessariamente, é preciso ter feito o nível básico. Temos também o nível avançado, mas iremos ofertar essa modalidade apenas no próximo ano”, explicou o chefe da Seção de Motorresgate, o sargento Élcio Souza.

 

Durante o curso, que será realizado na sede do Gaeph, os alunos terão instruções de pilotagem em estradas, dicas de equilíbrio e frenagem. “O nível básico é divido em parte teórica e prática. Já no intermediário os alunos terão apenas aulas práticas”, disse Souza.

 

As vagas para os cursos são disponibilizadas mensalmente, como explicou Souza. “Caso o interessado não consiga se inscrever para este ciclo, com o cadastro feito fica mais fácil dele se inscrever para os próximos. O primeiro contato precisa ser presencial, para passarmos as informações gerais e realizar o cadastro”.

 

Como participar
Para se inscrever é necessário ter motocicleta particular, que será usada no treinamento, e Carteira Nacional de Habilitação da categoria “A”, e equipamentos de segurança, como jaqueta e luvas.

 

As inscrições podem ser realizadas, das 13h30 às 18h, pessoalmente, na subseção de Motorresgate localizada no (GAEPH), localizada na QE 38 Área Especial 6B Lote 01 – Guará II. O candidato deverá levar uma cópia da CNH. Outras informações podem ser obtidas por meio do telefone (61) 3901- 3143.

 

Edição: Lanna Morais
Foto: Acácio Pinheiro / Agência Brasília.