Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/02/20 às 11h46 - Atualizado em 23/02/20 às 12h15

🎊🚨Segurança Pública marca presença no sábado de carnaval

COMPARTILHAR

Adriana Machado, da Ascom – SSP_/DF

A agilidade em atendimentos e ações preventivas garantiram aos foliões do Distrito Federal a segurança do segundo dia de carnaval. O objetivo de dar mais celeridade aos atendimentos de ocorrências e na prestação de serviços durante o carnaval com o funcionamento da Cidade da Segurança Pública na área central de Brasília surtiu efeito positivo.

 

De forma inédita, a Cidade da Segurança Pública foi montada na área central de Brasília – na Torre de TV – e marca a integração das forças de segurança do Distrito Federal. O local foi escolhido por concentrar a maior parte dos eventos carnavalescos – 84 dos 120 cadastrados em todo o Distrito Federal no período. Somente no sábado (22) foram dezessete. 

 

As ocorrências foram registradas com mais facilidade e rapidez com a Delegacia Móvel da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), que está no local. Ela está atendendo com apoio dos postos avançados do Departamento de Polícia Técnica (DPT) –  Instituto Médico Legal (IML), Instituto de Criminalística (IC) e Instituto de Identificação (II).

 

No posto do IML é possível realizar exames de corpo de delito, em casos, por exemplo, de vítimas de agressão. Neste sábado, das 13h às 21h35, foram realizados 2 exames de corpo de delito de pessoas envolvidas em agressões. No mesmo período foram registrados 7 exames de verificação de substância entorpecente no posto do IC e 3 confirmações de identidade no II. Durante todo o carnaval, haverá dois papiloscopistas no II e dois peritos criminais no IC, além de agentes dando o suporte ao funcionamento dos postos.

 

A PCDF também reforçou o plantão das delegacias da área central – 1ª e 5º –  assim como as Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) e Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM).

 

Não Mexa Comigo, Senão Eu Apito

Não Mexa Comigo, Senão Eu Apito – este é o tema da campanha liderada pela Polícia Civil do Distrito Federal que objetiva a prevenção da importunação sexual no Carnaval. Na tarde deste sábado (22), agentes da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) estiveram na Rodoviária do Plano Piloto para distribuir apitos e material informativo à população.

 

A ideia do apito é para que as foliãs alertem sobre condutas desrespeitosas. Ao todo, 4.500 apitos e leques foram entregues. Tudo por uma festa sem violência e pacífica, como deve ser. Essa é a segunda edição da campanha.

 

Ocorrências
Foram registradas 49 ocorrências policiais. Destas, 6 por furto de celulares, o que reforça as orientações dos órgãos de segurança quanto ao cuidado com este objeto. Ainda foi registrada uma ocorrência por ameaça e seis por crimes cometidos por menores.

 

Houve ainda quatro ocorrências por furto à pedestres e três por roubo também à pedestres, três por furtos diversos. Houve ainda duas ocorrência por desobediência, duas por resistência e duas por furto no interior de veículos.

 

Foram registradas também onze ocorrências por porte de substância entropecente para consumo próprio e uma atropelamento.
Também foi registrada uma ocorrência por porte de arma branca, uma apreensão de bens irregulares, um por estelionato, uma por injúria e uma por arrecadação.

 

Polícia Militar
A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) realizou diversas abordagens e atuou de forma preventiva em todos os eventos de carnaval. De acordo com o comandante da operação no sábado (22), coronel Vinícius Freitas, a operação transcorreu com tranquilidade. “Os policiais foram destacados para atendimento de demandas em todos os locais onde estavam ocorrendo  festas carnavalescas. Além das linhas de abordagem próximo ao Metrô e Rodoviária do Plano Piloto, os policias revistaram pedestres nas proximidades dos blocos e recolheram objetos cortantes e garrafas”.

 

Durante a Operação, a corporação registrou 14 ocorrências. O número demonstra a ação preventiva que tem sido realizada. Além do policiamento diário de cerca de 2.500 policiais, O efetivo está operando com o apoio de tropas especializadas – como Rondas Ostensivas Táticas Móveis (Rotam), Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque), Batalhão de Policiamento com Cães (BPCães), Batalhão de Aviação Operacional (BavOp)e Regimento de Polícia Montada (RPMon).

 

Foram apreendidas quatro armas brancas, 1.8ml de lança-perfume, 15g de cocaína, porções de drogas diversas e uma balança de precisão. Houve ainda a apreensão de três celulares pelos militares, por se tratar de produto adquirido por meio de roubo ou furto.

 

O Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), da PMDF, preparou um esquema especial de trânsito para coibir infrações de trânsito. Ao todo, os policiais realizaram 127 autuações no trânsito.

 

O monitoramento e organização do trânsito dos grandes blocos com deslocamento está à cargo do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran), da PMDF. Neste domingo (23), o bloco Raparigueiros está com concentração prevista para 16h, no Setor Carnavalesco da Funarte. A previsão é que o bloco inicie o trajeto às 20h, seguindo pela via N1. O retorno para Funarte será feito pela via S1. A travessia ocorrerá pela ligação entre o Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) e Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT).

 

Durante o deslocamento, as vias N1 e S1 serão interditadas. Ou seja, ao saírem da Funarte pela N1, a via será fechada na altura da Torre de TV, onde está funcionando a Cidade da Segurança Pública, e o Palácio do Buriti. O trânsito será desviado para a avenida que contorna o Estádio Nacional. No retorno, pela S1, o bloqueio erá início a partir do TJDFT e seguirá até a Torre de TV. O trânsito será desviado para a via ao lado da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). A previsão de encerramento do bloco é à meia noite.

 

Monitoramento 24h
Pelo segundo ano consecutivo, o carnaval do Distrito Federal está sendo monitorado pelo Centro Integrado de Operações de Brasília (CIOB), sob a coordenação da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF).

 

Durante os dias da festa, além dos órgãos que compõem a estrutura do CIOB – como orças de segurança, CEB e Secretaria de Mobilidade – foram convidados para participarem da operação as secretarias de Secretaria de Governo (Segov), de Cultura (SECULT), e de Saúde (SES) – por meio da Vigilância Sanitária – Samu, Vara da Infância e Juventude (VIJ) e Conselho Tutelar.

 

Pequenos foliões
É importante que pais ou responsáveis identifiquem os pequenos foliões. A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) distribuiu mais de duzentas pulseiras de identificação infantil em postos montados nos blocos  infantis neste sábado. A ação é uma parceria da Polícia Militar do Distrito Federal com o Conselho Tutelar, Secretaria de Justiça e SSP/DF. A previsão é que mais pulseiras sejam confeccionadas nos blocos infantes deste domingo (24).

 

Ainda dá tempo de fazer o crachá disponibilizado pela corporação. Foi disponibilizado um link para confecção de um crachá de identificação. O processo é fácil e rápido e pode ser feito em três etapas:

Acesse o link e preencha corretamente os dados. Escolha uma foto e insira no campo indicado. Depois, imprima o arquivo gerado. Para quem não possui impressora, os postos do Na Hora farão a impressão dos crachás.

 

O serviço de emergência criado pela SSP/DF para ajudar na localização de crianças perdidas ou que estejam sob alguma situação de vulnerabilidade – o SOS Criança DF – poderá ser acionado durante o Carnaval.

 

O serviço funciona em caráter permanente por meio do WhatsApp (99212-7776). As informações são enviadas pelo aplicativo ao Centro Integrado de Operações de Brasília (CIOB), que faz o encaminhamento mais adequado para que a criança seja localizada e entregue aos responsáveis.

 

Bombeiros
O Corpo de bombeiros MIlitar do Distrito Federal (CBMDF) atuou neste sábado de carnaval com 270 militares e apoio de 25 viaturas no Carnaval 2020. Os bombeiros realizaram rondas periódicas e atuaram de forma preventiva nos eventos. Não houve atendimentos nos blocos carnavalescos realizados nas regiõeas administrativas.

 

Na área centeral forma realizados 14 atendimento. Seis deles por alcoolemia. Três pessoas caíram da própria altura. Elas foram atendidas no local e liberadas em seguida. Foram feitos também três atendimentos de pessoas que estavam passando mal. Uma delas, por hipotermia, foi encaminhada para o Hospital Regional da Asa Norte (HRAN). Uma pessoa se cortou, mas não foi atendida no local e saguiu com os amigos.
Os militares atenderam também a um vazamento de gás de cozinha, na Plataforma Funarte. Rapidamente foi contido.

 

O CBMDF realizou, ainda, quatro atendimentos de pessoas que, com sintomas de embriaguez, foram medicadas no local e liberadas em seguida. Uma delas precisou ser transportada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Núcleo Bandeirante.

 

Embarque e desembarque
Os órgãos de trânsito vinculados à Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF) – o Batalhão de Trânsito (BPTran), da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e o Departamento de Trânsito (Detran-DF) – definiram, juntamente com a Secretaria de Mobilidade (SEMOB), pontos para embarque e desembarque para táxis e transporte por aplicativos.

 

A medida vai facilitar o acesso dos foliões. Seguem os locais definidos para embarque e desembarque:
• Carnaval no parque – estacionamento público ao lado do TCDF;
• Museu da República – estacionamento público entre a Biblioteca Nacional e o Touring;
• Parque da Cidade – 1ª faixa de trânsito da via em frente ao estacionamento 4 (local do evento);
• Praça dos Prazeres – estacionamento em frente ao Banco do Brasil (CLN 201);
• Setor Carnavalesco Sul (SCS) – via pública entre a Q. 1 e 2 do Setor Comercial Sul;
• Setor Carnavalesco Norte (SBN) – Estacionamento do SBN à margem do Eixo L;
• Funarte:
Dias 25 : estacionamento do Planetário, margem da via N1 e estacionamento entre a Funarte e a feira da Torre, margem da via S1.
Dias 23 e 24: Via entre o Parque da Cidade e o Centro Comercial Brasil 21 e a via  entre a 5ª DP e o estacionamento do Estádio Nacional.

 

Fique atento aos serviços durante o Carnaval 2020

 

 

Edição: Lanna Morais

Foto: Rodolfo Aiello