Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/02/20 às 10h36 - Atualizado em 28/02/20 às 19h18

🎊📊👮🏻DF tem redução nos principais crimes relacionados ao Carnaval

COMPARTILHAR

João Roberto, da Ascom – SSP/DF

 

A Secretaria de Segurança Pública do DF (SSP/DF) divulgou, nesta quarta-feira (26), balanço das ocorrências criminas relacionadas aos eventos dos quatro dias do Carnaval deste ano comparado ao mesmo período de 2019. Os dados mostram queda de 18,7% de incidência criminal este ano, de 739 para 601 casos, o que corresponde a 138 crimes a menos. O período analisado compreende de 18h de sexta-feira (21) até às 06h da manhã desta quarta-feira (26).

 

O roubo a transeunte foi o que registrou maior queda, de 47,7%, passando de 65 registros em 2019 para 34 no carnaval deste ano. O furto de celular foi o mais recorrente. Este tipo de crime recebeu atenção especial das forças de segurança. No comparativo dos quatro dias de carnaval de 2019/2020, houve queda de 28,2% deste crime: de 273 casos para 196, 77 ocorrências a menos. Houve também a redução dos casos de lesão corporal, de 16 para 11 registros. Não houve casos de estupro este ano. Ano passado, no mesmo período, foram três casos.

 

O trabalho integrado entre as forças de segurança e o esforço da Polícia Militar do DF contribuíram de forma significativa para a redução dos índices, avalia o secretário de Segurança Pública do DF, delegado Anderson Torres. “A estratégia da segurança pública, as linhas de revista da PMDF, o suporte tecnológico, o videomonitoramento feito pelo Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob) contribuíram de forma significativa para um carnaval seguro”, ressalta.

 

Devido ao sucesso da cidade, o secretário determinou que a estrutura seja mantida até o fim das festividades, que se encerram no próximo fim de semana.

 

O segundo crime mais registrado foi o de uso e posse de entorpecente. Este ano foram 78 ocorrências e, no ano passado, 34. Houve queda de 36% no furto a transeunte, de 50 para 32 ocorrências. Foi registrada uma tentativa de latrocínio contra três no carnaval de 2019. O crime foi na noite de ontem e o suspeito, menor de idade, foi detido pela PMDF. Foram registrados, ainda, 22 ocorrências de porte de arma branca, 17 a mais que no ano passado, com cinco casos.

 

O estudo retratou, ainda que 94,7% das ocorrências foram na Região Administrativa de Brasília, local que concentrou a maior parte dos eventos de carnaval. Entre quatro dias de Carnaval, 54,9% dos registros ocorreram de segunda para terça-feira (25).

 

Edição: Antônio Lorenzo

Foto: Maurício Araújo